Como envelhecer bem e ter uma velhice saudável?

6 minutos para ler

Com o aumento da longevidade, é cada vez mais comum vermos pessoas chegarem à terceira idade e viverem ainda por muitos anos. Esse crescimento da expectativa de vida, apesar de muito positivo, traz preocupações principalmente para quem já está mais próximo da “melhor idade”: como envelhecer bem e ter uma velhice saudável?

Se esse é o seu caso, não se preocupe! Pensamos no conteúdo a seguir especialmente para ajudar você. Mostraremos dicas do que deve ser feito para viver bem e ser muito feliz ao chegar à terceira idade.

E então, preparado para ter uma velhice saudável? Continue a leitura!

Participe de terapias em grupo

Para muitos, chegar à terceira idade representa descansar após anos de trabalho, aproveitar a família, os netos e os amigos. Mesmo com um cenário positivo, muitos idosos passam por momentos difíceis ao longo do caminho. Por isso, a terapia em grupo na terceira idade tem sido muito utilizada e é nossa primeira dica a ser seguida.

O idoso se reúne com outras pessoas da mesma faixa etária e, com a ajuda de um psicólogo, o grupo conversa sobre assuntos variados. O ponto positivo da terapia na terceira idade é poder dialogar com quem vivenciou as mesmas situações. Essa troca de experiências ajuda a superar os problemas e aumenta a qualidade de vida.

Pratique yôga

O yôga é uma excelente opção para quem quer envelhecer com saúde. A prática milenar ajuda a relaxar e é uma boa aliada para reduzir o estresse e a ansiedade. Além disso, o yôga é bastante recomendado para melhorar a postura, alinhar a respiração e esvaziar a mente.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não é preciso ser muito flexível para conseguir praticar. Os exercícios podem ser adaptados conforme o nível de dificuldade de cada praticante.

Assim, mesmo os idosos que nunca realizaram a atividade física são bem-vindos em uma aula de yôga. Que tal ter alguns momentos de paz durante a semana? Adicione essa prática à sua rotina e aproveite o bem-estar proporcionado.

Faça pilates

Além do relaxamento do yôga, um importante exercício para a terceira idade é o pilates. A partir dos 30 anos, o corpo inicia um processo de perda de força que se acentua após os 60. Para evitar isso, é necessário realizar um treino que garanta o reforço muscular.

O pilates é muito indicado para idosos, pois proporciona ganho de força, correção da postura e aumento da flexibilidade. Essa melhora permite que se possa fazer atividades diárias de forma mais natural e sem dor.

Além disso, a prática da atividade física contribui para manter afastadas doenças crônicas, como diabetes ou hipertensão, e problemas que envolvem o coração. Ficou animado? Então, vamos para o pilates!

Contato Clara ResidencialPowered by Rock Convert

Adote uma alimentação balanceada

Em paralelo à prática de exercícios físicos como pilates ou yôga, há outra dica essencial para todos aqueles que buscam qualidade de vida e querem envelhecer bem: seguir uma alimentação saudável e balanceada. Esses dois fatores combinados (alimentação e exercício) são a chave do sucesso para evitar que doenças crônicas se manifestem.

Embora a maioria das pessoas tenha esse conhecimento hoje, nem sempre foi assim. Sabemos que muitas pessoas que chegam à terceira idade ingeriram um excesso de alimentos gordurosos ao longo da vida — e, por mais que seja difícil mudar esses hábitos, é necessário tomar uma atitude para conseguir viver com mais saúde.

Por isso, mais uma vez é necessário ter muita força de vontade. Você não precisa mudar radicalmente tudo o que come: é possível começar aos poucos. Nossa dica inicial é tentar evitar alimentos processados, congelados ou industrializados. Dê preferência à comida de verdade, feita com carinho.

Quem sabe cozinhar e descobrir receitas saudáveis não se torna uma nova distração? Depois disso, comece a substituir produtos gordurosos e com muito açúcar por opções mais saudáveis, como frutas, legumes e verduras. Separe um dia da semana para comer o que gosta, afinal o problema não é a exceção, mas sim a rotina.

Inclua a leitura em seus hábitos diários

O hábito da leitura mantém o pensamento ativo, além de ser uma ótima distração. Ler diariamente é muito saudável e deve ser incluído na rotina principalmente se você está tentando descobrir como envelhecer bem.

Que tal fazer uma lista de livros do seu interesse e começar a se deliciar com as inúmeras histórias que eles guardam? Se você não gosta de livros, tudo bem. Há muitas outras formas de ler: notícias online, jornais, revistas etc. Tudo é válido!

Tenha uma vida social

Nossa última dica para quem deseja chegar à “melhor idade” com muita saúde e disposição é ir em busca de um círculo de amizades. Ao longo da vida, amigos traçam caminhos diferentes, parceiros de vida partem mais cedo e os familiares seguem seu cotidiano. Apesar dos acontecimentos, não é preciso (nem recomendado) ficar sozinho.

Desfrutar de uma vida social ativa, mesmo na velhice, é muito importante para manter doenças como a depressão afastadas. Além disso, ter um motivo para levantar, deixar a preguiça de lado e sair de casa contribui com a melhora do ânimo e traz um sentimento de pertencimento.

Portanto, a recomendação é que você se insira em algum grupo, de preferência para fazer uma atividade que dê prazer. Comece a fazer um curso, praticar algum esporte, desenhar, cozinhar, dançar. As possibilidades são inúmeras, portanto opte por aquela que mais atrai você.

Chegar à terceira idade com saúde exige um pouco de dedicação e cuidado consigo mesmo. Cada uma de nossas dicas sobre como envelhecer bem envolve o cuidado com a mente, o corpo e a saúde — por isso, mesmo que leve um tempo, é muito importante conseguir adotá-las em sua rotina. Não se esqueça também de fazer visitas ao médico geriatra com frequência e não pular nenhum exame de rotina.

E então, gostou de nossas dicas sobre como envelhecer bem? Que tal começar a adicionar aquela leitura diária ao seu cotidiano? Siga nossa página no Facebook para acompanhar todas as novidades.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

shares